logo
Português (pt-PT)English (United Kingdom)
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
  • An Image Slideshow
MUSEU
COLECÇÕES
EXPOSIÇÕES
SERVIÇOS E ACTIVIDADES
LOJA
NOVIDADES
INFORMAÇÕES

Newsletter




Autenticação

Partilhar

Facebook Image

 Google Arts & Culture

:: INICIO NOVIDADES
.:: Músicas do Acervo | Philippe Marques PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta-feira, 13 de Abril de 2018 // 19:00 h

Philippe Marques O concerto de abril do ciclo "Músicas do Acervo: Compositores Portugueses e seus Contemporâneos" estará a cargo do pianista Philippe Marques, que interpreta João Domingos Bomtempo. A entrada é livre.

 


SOBRE PHILIPPE MARQUES

 

Philippe Marques nasceu em 1991 na cidade de Lausanne, na Suíça. Iniciou os seus estudos musicais em 2001 ao ingressar no Conservatório Regional Silva Marques, onde estudou com a professora Catherine C. Paiva.

Em 2006 foi admitido na Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa e completou o Curso de Piano com 20 valores, na classe do professor Hélder Entrudo.

 

Desde então, tem vindo a atuar regularmente em vários locais do país, dos quais se destacam: Jardim de Inverno do Teatro S. Luiz, Cinema S. Jorge, Teatro Nacional de São Carlos, Teatro da Trindade, Centro Cultural de Belém, Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa, Palácio Nacional de Queluz, Palácio Nacional da Ajuda, Palácio da Quinta da Regaleira, Palácio Foz, Museu Nacional da Música, Salão Nobre do Conservatório Nacional, Grande Auditório da Escola Superior de Música de Lisboa, Casa Verdades de Faria (Cascais), Eborae Mvsica, Teatro Garcia de Resende (Évora), Teatro Sá da Bandeira (Santarém), Cine-Teatro Caracas (Oliveira de Azeméis), Museu Soares dos Reis (Porto), entre outros.

 

Tem participado em recitais transmitidos pela RTP/Antena 2, incluindo um ciclo de três recitais dedicados à apresentação pública da integral das sonatas para piano de J. D. Bomtempo. Como solista, apresentou-se em Março de 2011 com a Orquestra da Escola Superior de Música de Lisboa, sob a direcção do maestro Vasco Pearce de Azevedo, interpretando o primeiro concerto para piano de F. Liszt. Em 2012 deu concertos a solo em Paris e na Califórnia com obras de F. Lopes-Graça, A. Fragoso, Chopin, Scriabin, entre outros. Em 2014, para além de recitais em Paris, participou igualmente numa digressão ao Brasil apoiada pela Direção Geral das Artes / Governo de Portugal e organizada pelo MPMP, movimento patrimonial pela música portuguesa, tendo-se apresentado em alguns dos principais palcos de cinco cidades – dos quais se destaca o Centro Cultural de São Paulo – unicamente com música de compositores portugueses. No âmbito da mesma digressão, gravou para três rádios brasileiras e, ao lado do pianista Duarte Pereira Martins, um programa para a TV Brasil.

 

Ao longo do seu percurso participou também em masterclasses sob orientação de conceituados professores, entre eles: Luiz de Moura Castro, Sequeira Costa, Artur Pizarro e Dmitri Alexeev. Já colaborou com o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa e é membro do Ensemble MPMP. Já estreou obras de vários compositores portugueses e estrangeiros, de entre os quais se destacam Edward Luiz Ayres d’Abreu, Nuno da Rocha, Daniel Moreira, Hugo Ribeiro, Francisco Tavares e Eli Camargo Jr. Colabora regularmente com instituições como a Orquestra Gulbenkian, Orquestra Metropolitana, entre outras.

 

Finalizou em 2014, com a máxima classificação, o Mestrado em Música na Escola Superior de Música de Lisboa, sob a orientação do professor Miguel Henriques. Leciona piano no Conservatório de Música da Metropolitana.

Os seus últimos projetos incluem a gravação da integral das sonatas para piano de J. D. Bomtempo, num total de quatro CDs, bem como de obras de câmara de Ruy Coelho.

 

---

 

Philippe Marques was born in 1991 in Lausanne, Switzerland. He began his musical studies at the age of ten, at that time already in Portugal. His first piano teacher was Catherine C. Paiva.

 

In 2006 he was admitted at the Lisbon National Conservatoire, completing his piano studies with full marks under Hélder Entrudo. In 2014, he attained a Master’s degree in Music from the Escola Superior de Música de Lisboa – where he also earned his first degree – with the highest classification, always under the guidance of Miguel Henriques. Along his academic path he also participated in masterclasses led by accomplished professors, among them Luiz de Moura Castro, Sequeira Costa, Artur Pizarro and Dmitri Alexeev. He performs regularly as a soloist and chamber musician at the most prestigious venues in Portugal and has participated in recitals recorded by the radio station Antena 2. His repertoire ranges from the Baroque to contemporary composers, with special emphasis in works by portuguese composers.

 

As a soloist, in March of 2011 he interpreted Franz Liszt’s first piano concerto. In 2012 he performed solo in Paris and in California. In 2014, besides giving recitals in Paris, he participated in a tour of Brazil organised by the MPMP, whereby he recorded for three Brazilian radio stations and for TV Brasil.

 

He has collaborated with the Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, is a member of the Ensemble MPMP and has premièred works by various Portuguese and foreign composers. His most recent projects include recording the entirety of the piano sonatas by João Domingos Bomtempo, in a total of four CDs, for the collection melographia portugueza.

 

He teaches piano at the Conservatório de Música da Metropolitana.

 


PROGRAMA

 

MUZIO CLEMENTI (1752-1832)

 

Sonata, Op. 26 n.º 3 em Ré maior (1791)
- Presto
- Un poco Andante
- Rondo: Allegro Assai

JOÃO DOMINGOS BOMTEMPO (1775-1842)

 

Sonata, Op. 18 n.º 1 em Sol maior (1816)
- Allegro Moderato Cantabile
- Andante Sostenuto
- Rondo: Allegro Brillante

 

Sonata, Op. 18 n.º 2 em Fá menor (1816)
- Allegro Risoluto
- Adagio
- Allegro Agitato

 

Sonata, Op. 18 n.º 3 em Mib maior (1816)
- Allegro Moderato Assai
- Larghetto com molto Espressione
- Allegro Scherzando

 


'MÚSICAS DO ACERVO - COMPOSITORES PORTUGUESES E SEUS CONTEMPORÂNEOS'
TEMPORADA 2017/2018

 

O ciclo 'Músicas do acervo’ tem como objetivo a apresentação e divulgação de repertório de compositores portugueses e, genericamente, do património musical português, tendo, nomeadamente, por base o acervo documental do Museu Nacional da Música e o panorama musical internacional.

 

Ao contrário de alguns compositores de diferentes países da Europa, cujo trabalho é hoje globalmente reconhecido, a pouca divulgação da música erudita portuguesa remeteu muitas partituras ao esquecimento. Com este ciclo pretende-se então que o público tenha a oportunidade de conhecer compositores portugueses, cujas obras são pouco conhecidas do grande público. A par da música portuguesa, será também possível ouvir composições de consagrados de outros países, contemporâneas da primeira.

 

Comissariado por Adriano Nogueira com o apoio do MPMP - Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa e da Revista Glosas, o ciclo conta ainda com a preciosa ajuda de músicos convidados que tocam pro bono. A temporada 2017/2018 prolonga-se até Junho de 2018 e contempla a realização de 11 concertos de entrada livre, sempre às 19:00 h.

 

- 13 de Outubro de 2017 - Anne Kaasa
- 28 de Outubro de 2017 - Paulo Meirelles (BR/FR)
- 08 de Dezembro de 2017 - António Luis Silva
- 19 de Janeiro de 2018 - Arthur Nesrala
- 02 de Fevereiro de 2018 - Felipe Mello (BR)
- 23 de Fevereiro de 2018 - Ricardo Martins
- 09 de Março de 2018 - Bernardo Santos
- 13 de Abril de 2018 - Philippe Marques
- 11 de Maio de 2018 - Duarte Pereira Martins
- 01 de Junho de 2018 - Academia de Música de Telheiras
- 08 de Junho de 2018 - Diego Caetano (BR/USA)